Archive for the ‘Caminho Espirita’ Category

Humildade

30/01/2015

01

A humildade, por força divina, reflete-se, luminosa, em todos os domínios da Natureza, os quais expressam, efetivamente, o Trono de Deus, patrocinando o progresso e a renovação.

Magnificente, o Sol, cada dia, oscula a face do pântano sem clamar contra o insulto da lama; a flor, sem alarde, incensa a glória do céu. Filtrada na aspereza da (more…)

Anúncios

NECESSIDADE E SOCORRO

28/01/2015

02O homem sente fome.

Deus promove os recursos do pão.

O homem tem sede.

Deus faz o jorro da fonte.

O homem padece fraqueza.

Deus dá-lhe força.

O homem adquire doença.

Deus institui o remédio.

O homem sofre desequilíbrio.

Deus estabelece o reajuste.

O homem chora em desespero.

Deus suscita a consolação.

O homem se desvaira em pessimismo.

Deus restaura a esperança.

O homem cai na sombra da ignorância.

Deus acende a luz da instrução.

Entretanto, Deus criou a liberdade de consciência, com a responsabilidade, traçando o merecimento de cada um.

É assim que, entre a necessidade humana e o Socorro Divino, permanece a vontade do homem, que é plenamente livre para aceitar o auxílio de Deus.

Francisco Candido Xavier – Caminho Espirita –  Albino Teixeira

CULTURA ESPÍRITA

21/01/2015

02

Estejamos atentos à bênção da caridade, por intermédio das migalhas de luz.

Desenvolve-se a plantação, semente a semente.

Ergue-se a casa, tijolo a tijolo.

Constitui-se a mais bela sinfonia, nota a nota.

Agiganta-se o rio, gota a gota.

Surge a história, palavra a palavra.

Edifica-se a estrada mais longa, metro a metro.

Desdobra-se o tecido, fio a fio.

E o próprio século não é mais que larga faixa de tempo, a estruturar-se, minuto a minuto.

Assim também é a obra da inteligência.

Doemos à expansão da luz as nossas melhores forças, conscientes de que o esclarecimento, quanto aos nossos princípios, se realizará, de coração a coração, através de páginas a página, e de que a cultura espírita, capaz de operar a renovação do mundo, se fará livro a livro.

Caminho Espirita – Francisco Candido Xavier – Emmanuel

VIVÊNCIA ESPÍRITA

14/01/2015

02

Nos mais complexos e nos mais simples elementos da Natureza, encontramos o desafio à ação.

Um transatlântico erigir-se-á por maravilha da técnica, efetuada à custa de centenas de artífices, mas, se não enfrenta (more…)

Dever

09/01/2015

02

O dever define a submissão que nos cabe a certos princípios estabelecidos como leis pela Sabedoria Divina, para o desenvolvimento de nossas faculdades.

Para viver em segurança, ninguém (more…)

PARA SER FELIZ

07/01/2015

01

“E não nos cansemos de fazer o bem,
porque há seu tempo ceifaremos,
se não houvermos desfalecido”.
– PAULO. (Gálatas, 6.9).

Confia em Deus.

Aceita no dever de cada dia a vontade do Senhor para as horas de hoje.

Não fujas da simplicidade.

Conserva a mente interessada no (more…)

IDENTIFICAÇÃO ESPÍRITA

26/12/2014

01

 

O espírita é aquele servidor do Evangelho que, no campo da observação:

Lê tudo;

Ouve tudo;

Vê tudo;

E analisa tudo;

Mas retém apenas a substância que lhe seja de proveito real;

Na esfera da vivência;

Respeita a todos;

Serve a todos;

Lida com todos;

E trabalha na senda de todos;

Mas permanece tão somente com aqueles que estão procurando o caminho de acesso ao Reino de Deus.

Entre a observação e a vivência, ele pratica:

Todo o bem que pode;

Onde pode;

Como pode;

E quando pode.

Em suma, é possível identificar o espírita como um companheiro de Jesus Cristo na experiência humana, que nem sempre faz aquilo que quer, mas faz constantemente aquilo que deve.

Albino Teixeira

BILHETE PATERNAL

19/12/2014

02

Sim, meu filho, talvez por um capricho dos seus treze anos, você deseja receber um bilhete do amigo desencarnado, cujas páginas começou a ler.

Você – um menino! – solicita orientação espiritual.

Tenho escrito muitas cartas depois da morte, mas sinceramente não me recordo de haver dirigido até hoje, qualquer recado a gente verde do seu porte.

Perdoe se não lhe correspondo à expectativa.

Diz você que não espera uma história da carochinha, baseada em gênios protetores. E remata:

“Quero, irmão X, que você me diga quais são as coisas mais importantes da vida, apontando-me aquilo de bom que devo querer e aquilo de mau que preciso evitar”.

Lembro-me, assim, de oferecer a você uma lista curiosa que um velho amigo me ofereceu, aí no mundo,  precisamente quando eu tinha a sua idade.

A relação apresentava o título “APRENDA, MEU FILHO…” e continha as seguintes informações:

1 – O maior e melhor amigo: “Deus”.

2 – Os melhores companheiros: “Os pais”.

3 – A melhor casa: “O lar”.

4 – A maior felicidade: “A boa consciência”.

5 – O mais belo dia: “Hoje”.

6 – O melhor tempo: “Agora”.

7 – A melhor regra para vencer: “A disciplina”.

8 – O melhor negócio: “O trabalho”.

9 – O melhor divertimento: “O estudo”.

10 – A coleção mais rica: “A das boas ações”.

11 – A estrada mais fácil para ser feliz: “O caminho reto”.

12 – A maior alegria: “Dever cumprido”.

13 – A maior força: “O bem”.

14 – A melhor atitude: “A Cortesia”.

15 – O maior heroísmo: “A coragem de ser bom”.

16 – A maior falta: “A mentira”.

17 – A pior pobreza: “A preguiça”.

18 – O pior fracasso: “O desânimo”.

19 – O maior inimigo: “O mal”.

20 – O melhor dos esportes: “A prática do bem”.

Leia esta lista de informações, sempre que você puder, e veja por si como vai indo a sua orientação.

E se quer mais um aviso de amigo velho, cada noite acrescente esta pergunta a você mesmo, depois de sua oração para o repouso.

– Que fiz hoje de bom que somente um amigo de Jesus conseguira fazer?

Irmão X

ANOTAÇÕES ESPÍRITAS

12/12/2014

01

Cada criatura, na esfera da evolução, requisita certos ingredientes, com vistas à obtenção de plenitude espiritual para a alegria de viver, tais quais sejam:

Luz na consciência;

Equilíbrio no coração;

Discernimento no caminho;

Lógica na conduta;

Raciocínio na fé;

Desprendimento na posse;

Ponderação na abastança;

Resignação na escassez;

Estímulo ao trabalho;

Paz na Luta;

Consolo no sofrimento;

Humildade na vitória;

Renovação no fracasso;

Amparo na queda;

Esperança na tristeza;

Resistência na prova;

Sustentação no dever;

Força no sacrifício;

Sempre que você puder socorrer alguém, nas necessidades reais da alma, dê a esse alguéma bênção de um livro espírita.

Francisco Candido Xavier – Caminho Espirita , pelo Espirito Albino Teixeira

ENFERMIDADE

03/12/2014

01

Enquanto nos escasseie educação, nos domínios da mente, a enfermidade por mortificação involuntária, desempenhará expressivo papel em nossa vida espiritual.

Na maioria das circunstâncias, somos nós quem lhe pede a presença e o concurso, antes da reencarnação, no campo da existência física, à maneira do viajor, encomendado recursos de segurança para a travessia do mar; e, em ocasiões outras, ele constitui auxílio de urgência, promovido pela bondade dos amigos, que se erigem, nas esferas superiores, à condição de patronos da nossa libertação para a Vida Maior.

À face de semelhante motivo, doenças existem de múltiplas significações, como sejam: (more…)